Páginas

sexta-feira, 25 de abril de 2014

Só o Amor é Real - Brian Weiss



Homem? Mulher? No decurso das nossas vidas mudamos de sexo, religião e raça de forma a aprender de todos os ângulos e pontos de vista. Estamos todos na escola. 

Nascimento? Se nunca morremos realmente, então não nascemos realmente. 
Somos todos imortais, divinos e indestrutíveis. 
A morte não é mais do que atravessar uma porta para um outro quarto. Continuamos a voltar por forma a aprender determinadas lições, ou características, como amor... perdão... compreensão... paciência... discernimento... não-violência... 
Temos que desaprender outras características como medo... raiva... ganância... ódio... orgulho... ego... que são resultado de velhos condicionamentos. 
Só então podemos formar-nos e deixar esta escola. 
Temos todo o tempo do mundo para aprender e desaprender. 

Somos imortais; somos infinitos; temos a natureza de Deus. 

"Aquilo que um homem planta é aquilo que um homem colhe." 
O conceito de karma é definido virtualmente palavra por palavra em todas as grandes religiões. 
É uma sabedoria antiga. 
Somos responsáveis por nós mesmos, pelos outros, pela comunidade, e pelo planeta.

Nunca perdemos os que amamos. 
Continuamos a voltar, unidos e reunidos de novo. 
Que poderosa energia unificadora é o amor. 

"Só o Amor é Real" de Brian Weiss

Um comentário: