Páginas

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Sabedoria Budista



A nossa vida segue um ciclo diário, que em muitos aspectos se assemelha aos anteriores. 
Acordamos, vamos ao banheiro, nos arrumamos, seguimos para o trabalho ou faculdade. 
Almoçamos, e continuamos as tarefas corriqueiras de um dia normal. 
Voltamos para casa, um bom banho, e sono para recomeçar tudo no outro dia. 
Em cada dia podem acontecer algumas nuances que diferenciam um dia do outro. 
Um encontro com um amigo. Um beijo na pessoa amada. Uma noite de amor e prazer. 
Um drink com amigos jogando conversa fora. A leitura de um livro, uma revista. 
Enfim estas são algumas coisas boas que dão o tempero da vida, que é construída a cada dia, a cada hora, a cada minuto. 
Mas às vezes esta rotina é quebrada de forma negativa. 
E é isto o que mais me incomoda. 
O ritmo do dia é quebrado por pessoas negativas, pessimistas, ingratas, que só sabem reclamar. 
E estas pessoas às vezes possuem tudo o que muitos desejariam possuir. 
Mas insistem em reclamar. 
Isto me faz lembrar um velho ditado de um velho mestre meu que dizia: 
“Quem agradece o que tem, recebe o que não tem. 
Quem reclama do que não tem, acaba perdendo o que tem”. 
Uma grande verdade pois nossos pensamentos ecoam no Universo. 
Por isto devemos saber o que estamos emitindo, para não reclamarmos de seu eco. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário