Páginas

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Lembranças Celtas


Pedras são lascadas por grossas espadas, os guerreiros celtas liberam sua luminosidade com os cantos de liberdade, jovens e belas mulheres movimentam-se em belas danças circulares. Uma enorme fogueira celebra o encontro do sol com a lua e os sábios curandeiros conseguem observar os detalhes que compõem os mais belos espetáculos da grande mãe natureza. Deite-se na grande tenda, sinta os suaves toques do violino e perceba que os caminhantes das estrelas jamais andam sozinhos. Sorria com os reencontros que as muitas vidas nos proporcionam, abrace com intensidade, entenda que muitas coisas somente podem ser sentidas, não explicadas. Traga belas flores para o jardim da vida, oferte a receba, pois a vida é um eterno aprendizado. Pinte belas formas, adentre nos milhares de universos místicos e sinta-se parte deste maravilhoso Todo que está em tudo e todos. Entenda que as grandes árvores carregam histórias de milhares de povos e o ser humano dito sábio acaba por derrubá-las sem honra-las. Peça perdão pelos milhares de crimes cometidos contra a grande mãe Terra, precisamos ampliar as nossas percepções para que a luminosidade volte para o centro de nossos corações. Medite sentando em uma grande montanha, ouça a natureza e perceba que somos parte dela. Arrisque ser diferente, pois vivemos em um mundo dominado por um sistema ultrapassado que busca somente os valores monetários, somos muito mais que trabalho, temos a capacidade de criar novas realidades e os pensamentos podem alterar todos os ciclos da humanidade. Conecte mentalizações aos corações e com certeza a verdadeira religião será apresentada. Somos amor, podemos viver em paz, queremos ser luz e merecemos nos elevar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário